poemas roubados num jornal


para o bruno vilão – poeta de palavras lacradas e performer mandragoriano qb.