poema heroi(ti)co


Anúncios

esquisito (cadáver)


criações poéticas em philocafé algarvio (19/02/2010 – olhão)

Se não regressar, poderei ser encontrado perdido algures entre o reino do improviso e a ilha da imaginação. Dentro de um cadáver esquisito.

bruno vilão in: palavras lacradas


2
22
222
2222
22222
222222
pássaros sobrevoando a tua cabeça

cadáver esquisito a dois em olhão (casa do Bivar)

de noite
muito para além da noite
o corpo não passa
o tempo não passa
tu não passas sempre à mesma hora
o nosso comboio chama-se amor
e
isso é tão complicado quanto os nossos gritos de relógios eloquentes que fazem, muitas vezes, anoitecer o meu dia
então a lua eleva-se no horizonte
o solar onde pensámos cultivar laços e amizade escorre por entre os cantos da boca no azul deste dia que havemos de recordar sempre
o teu olhar no meu sorriso
o teu andar nas minhas mãos
o teu corpo no meu corpo

espelha o nosso desejo e a ternura onde o tempo voa como pássaros tão selvagens quanto tu

philo café do algarve


as primeiras imagens – performance de mandrágora com base na poética de mario cesariny e antónio maria lisboa

com: bruno vilão, gonçalo mattos e m. almeida e sousa

Projecto de Sucessão

Continuar aos saltos até ultrapassar a Lua
continuar deitado até se destruir a cama
permanecer de pé até a polícia vir
permanecer sentado até que o pai morra.

Arrancar os cabelos e não morrer numa rua solitária
amar continuamente a posição vertical
e continuamente fazer ângulos rectos

Gritar da janela até que a vizinha ponhas as mamas de fora
pôr-se nu em casa até a escultora dar o sexo
fazer gestos no café até espantar a clientela
pregar sustos nas esquinas até que uma velhinha caia
contar histórias obscenas uma noite em família
narrar um crime perfeito a um adolescente loiro
beber um copo de leite e misturar-lhe nitroglicerina
deixar de fumar um cigarro só até meio
Abrirem-se covas e esquecerem-se os dias
beber-se por um copo de oiro e sonharem-se Índias.

António Maria Lisboa

Em todas as ruas te encontro
Em todas as ruas te perco
conheço tão bem o teu corpo
sonhei tanto a tua figura
que é de olhos fechados que eu ando
a limitar a tua altura
e bebo a água e sorvo o ar
que te atravessou a cintura
tanto, tão perto, tão real
que o meu corpo se transfigura
e toca o seu próprio elemento
num corpo que já não é seu
num rio que desapareceu
onde um braço teu me procura

Em todas as ruas te encontro
Em todas as ruas te perco

Mário Cesariny

aspectos do philocafé (2º dia gorjões – 20/02/2010)

josé bivar, fernando pinto e m almeida e sousa

o gonçalo depois da performance

o manuel depois da performance... escolheu um local estratégico

cartas de jogar


A edição de 2010 do Encontro de Criadores, Coleccionadores, Editores e Investigadores de Cartas de Jogar terá como mote central a produção e coleccionismo portugueses de baralhos referentes a jogos de salão, jogos tradicionais, jogos oraculares e cartas de ilusionismo com particular atenção concedida à publicação de obras nacionais. Tratando-se de um encontro de carácter informal com entrada livre, esta tertúlia de café visa encorajar a sã troca de ideias e a partilha de experiências entre os membros com vista à criação da Associação Portuguesa de Cartas de Jogar e à divulgação de eventos relacionados com o estudo das Cartas de Jogar em Portugal.

~Para Informações e Inscrições contacte ~

Mafalda Serrano (96 821 333 6) Fernanda Frazão (96 801 830 9)

~ Apoios ~

Apenas Livros | O Jardim do OráculoLudusThe International Playing Card SocietyASESCOIN | | IELTPrint House |

Para além desta partida, o novo Sítio Oficial das Cartas de Jogar Portuguesas permitir-lhe-á aceder a novas informações sobre eventos nacionais e internacionais, tais como: conferências, exposições, workshops e reuniões ligadas à divulgação dos diferentes aspectos das Cartas de Jogar.

Convidamo-lo/a a visitar a nossa Biblioteca do Salão com estante aberta para alguns temas relacionados com os Jogos de Corte e as Cartas Oraculares, os Jogos Tradicionais e a História das Cartas de Ilusionismo.  Na nossa Loja das Cartas de Jogar poderá ainda encontrar alguns Livros e Baralhos produzidos por autores portugueses …