quando…


quando o mundo se faz nome – é quando tens medo, timidez e te escondes na arrogância (por detrás) do teu corpo.
quando o mundo existe – é quando tens desejos e gula pelo teu próprio corpo.
quando o mundo é – é quando despertas em ti a ânsia de tudo fazer com ternura
e
é então que a poesia te desperta…

Anúncios