das torneiras


das torneiras pingam perigosamente novas vias
o desespero coagula
não as palavras
mas o resto