as montanhas a escalar profetizam o destino?


nicolau saião:
Depende. Se forem de dentro sim e não. Se forem
de fora não e sim. Mas as profecias vêem doutro lugar em nós
e para além de nós
São as alfombras onde residímos, os territórios
que olhámos e ocupámos. As montanhas
não são para olhar esperando que nos respondam. São para
percorrer com inocência
com aprazimento
e com amor e respeito.
E em silêncio fecundo.

alba damião:
para que entendas ……………… melhor
falta faz não ……………………….. fazer
e ………………………………………….. pronto
depois te conto
1 …………………………………………… bela visão
1 …………………………………………… cheiro
1 …………………………………………… tacto
1 …………………………………………… gosto
1 …………………………………………… gozo
e se acordar numa manhã …… cinza
e se acordar numa manhã …… fria
trepo as montanhas e tudo saberei
de tudo e de todos

gonçalo mattos:
não!
não é o facto de escalar as montanhas que vai profetizar o destino mas sim se conseguirmos conquistá-las e domina-las.

justino linguiça:
nós cá em Beja acabámos
com as montanhas de vez.
profetizem o destino
mas é do cabrão que as fez…!

m. almeida e sousa:
pois sim
as montanhas que deslizam por baixo dos nossos olhos espelham mil profecias
e
os crocodilos dir-me-ão que não tenho dinheiro para as próximas encarnações

renato suttana:
as montanhas a escalar
se vistas do modo certo
prometem mais que o deserto
mais que a intimidade do ar:
do indeciso peregrino
que vai buscar lá na altura
um erro um grito uma altura
um norte um projeto um bem
são capazes de também
profetizar o destino.