hoje vi o filme “autografia” sobre o mário cesariny


dizia ele, entre outras coisas:

“Sou um poeta bastante sofrível numa época em que o tecto está muito baixo.”

“[o amor] É a única coisa que há para acreditar. O único contacto que temos com o sagrado. As igrejas apanharam o sagrado e fizeram dele uma coisa muito triste, quando não cruel. O amor é o que nos resta do sagrado.”


Anúncios

One thought on “hoje vi o filme “autografia” sobre o mário cesariny

  1. ESSE HOMEM ERA ESPANTOSO!…
    E… O TECTO ESTÁ CADA VEZ MAIS BAIXO.
    DEPOIS DO PACHECO FOI ELE…
    JÁ NÃO HÁ GENTE INCÓMODA NESTE PAÍS.
    COMO É LAMENTÁVEL!…
    ESTAMOS ENTREGUES A MEDÍOCRES.
    ESTAMOS FINALMENTE NO CAVAQUISTÃO COM SÓCRATES E PEDROS QUALQUER COISA…
    É
    ESTAMOS MESMO FODIDOS!…

Os comentários estão fechados.