escrever (sempre) na cabeça


escrever sempre na cabeça e ter como íntimos amigos os escritores mais selvagens, lúcidos e provocadores para podermos
CORRER O PERIGO QUE É ESQUECER O TEMPO BEM PASSADO
OU
FUGIR E ABRAÇAR ELEFANTES

a propósito da apresentação do último livro do alberto miranda – Miramar – Vila Nova de Gaia (26 de Fevereiro · pelas 17:00)

gráfico - m. almeida e souza

Anúncios