recordando MIGUEL TORGA


torga

 

NÃO PASSARÃO

Não desesperes, Mãe!
O último triunfo é interdito
Aos heróis que o não são.

Lembra-te do teu grito:
Não passarão!

 

Não passarão!
Só mesmo se parasse o coração
Que te bate no peito.
Só mesmo se pudesse haver sentido
Entre o sangue vertido
E o sonho desfeito.

 

Só mesmo se a raiz bebesse em lodo
De traição e de crime.
Só mesmo se não fosse o mundo todo
Que na tua tragédia se redime.

 

Não passarão!
Arde a seara, mas dum simples grão
Nasce o trigal de novo.
Morrem filhos e filhas da nação,
Não morre um povo!

 

Não passarão!
Seja qual for a fúria da agressão,
As forças que te querem jugular
Não poderão passar
Sobre a dor infinita desse não
Que a terra inteira ouviu

E repetiu:
Não passarão!

 

 

Miguel Torga

Anúncios

avenida anarquista – recordando um velho companheiro


o elevador da bica passava à porta de casa… o compañero Brito falava-nos do tempo vivido – de ideias. era um homem marcado pela aventura. muitas aventuras. mas era, sobretudo, um homem marcado por um ideal.

o sonho anarquista não morreu com ele.

 

imagens (fotos) de filipe palma

 

 

 

 

 

 

hino a Isis


lembremos um dos mais belos poemas sobre a condição humana – o hino a Isis – datado entre os séculos III e IV.

Porque eu sou a primeira e a última
Eu sou a venerada e a desprezada
Eu sou a prostituta e a santa
Eu sou a esposa e a virgem
Eu sou a mãe e a filha
Eu sou os braços de minha mãe
Eu sou a estéril, e numerosos são meus filhos
Eu sou a bem-casada e a solteira
Eu sou a que dá a luz e a que jamais procriou
Eu sou a esposa e o esposo
E foi meu homem quem me gerou em seu ventre
Eu sou a mãe do meu pai
Sou a irmã de meu marido
E ele é o meu filho rejeitado
Respeitem-me sempre
Porque eu sou a escandalosa e a discreta.

os vídeos de MAE (Museo de Arte Extemporáneo)


nas nossas muitas deslocações a “edita” (encontros de editores independentes) na região de huelva-espanha, conhecemos artistas que marcam presença. que têm marcado presença… um deles destacamos hoje pela sua criatividade, humor e sentido de oportunidade – manuel macià grande animador do projecto MAE. dele apresentamos os vídeos que se seguem:

e este último… uma montagem de manuel macia da performance de mandrágora (no início de maio em punta umbria – acção de manuel almeida e sousa e gonçalo mattos)